Notícias

« Voltar

Territórios da Arte faz cartografia cultural nas regiões do Brasil

 
 
15.5.2017 - 10:18  
 
 
Mapear a cartografia da arte e da cultura popular nas diversas regiões do País, em busca de contribuir para um maior entendimento do campo cultural e artístico nacional é a proposta do projeto Territórios da Arte, parceria da Universidade Federal Fluminense (UFF) e da Fundação Nacional de Artes (Funarte), que iniciará seu ciclo por Cuiabá (MT), de 18 a 20 de maio. A partir dessa primeira cidade escolhida, a proposta é interagir com representantes de diversas vertentes culturais e artísticas da região Centro-Oeste, delineando um mapa local. 
 
O projeto percorrerá outras quatro cidades ao longo de 2017: Florianópolis (SC), Belém (PA), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ), cobrindo, dessa forma, todas as regiões brasileiras. O trabalho de campo se inicia com a prospecção de artistas, fazedores de cultura, produtores culturais, pesquisadores de arte, grupos e coletivos artísticos atuantes e representativos da cultura de cada região, estabelecendo contatos e relações interinstitucionais, de forma a suprir as necessidades técnicas da realização do evento e de suas atividades. 
 
"Nossos critérios principais para a escolha dos participantes foram a representatividade e a qualidade dos trabalhos e experiências implementados por artistas, grupos ou coletivos artísticos, além de procurarmos refletir a diversidade local, com bons exemplos dos segmentos artísticos mais consagrados e também de práticas artísticas culturais populares, urbanas, rurais e de periferia", explica o gestor do projeto, professor Leonardo Guelman, do Instituto de Arte e Comunicação Social da UFF. 
 
"O projeto Territórios da Arte pretende mapear o campo cultural e artístico das cinco regiões brasileiras, com destaque para as cidades de Cuiabá, Florianópolis, Recife, Belém e Rio de Janeiro, todas com grande potencial artístico e cultural no Brasil", destaca a diretora do Centro de Programas Integrados da Funarte, Maristela Rangel. "A parceria da Funarte com a UFF vem fortalecer o incentivo à produção, o desenvolvimento da pesquisa e a preservação da memória, a partir do referencial dos coletivos artísticos e das expressões culturais das cidades escolhidas, visando a implementação de políticas públicas no campo da cultura", completa. 
 
Um retrato do Brasil a partir de suas interseções
 
Dos dias 18 e 20 de maio, haverá uma série de seminários em Cuiabá, permeados por outras atividades, os quais permitirão a reflexão sobre memórias, direitos autorais e construção de identidade, entre outros temas. Além de promover o diálogo, esses momentos também servirão para construir um mapa que servirá como instrumento de política cultural, como cartografia social e como registro, tornando Cuiabá e suas interseções com as demais localidades o primeiro grande conjunto de conhecimento cultural e artístico do Territórios da Arte. 
 
Além dos encontros regionais, o projeto conta também com uma página no Facebook, que funcionará como um catalisador do projeto, além de meio de comunicação com o público. As inscrições poderão ser feitas por formulário publicado na página ou presencialmente, na hora do evento. Os eventos são compostos por seminários abertos ao público e programação gratuita. Em Cuiabá, o projeto Territórios da Arte será realizado no Cine Teatro Cuiabá.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura
Com informações da UFF