Notícias

« Voltar

MinC contrata pesquisa para fortalecer cadeias produtivas

 
 
6.2.2017 - 19:23  

Acesso rápido

 
 
O Ministério da Cultura (MinC) vai selecionar empresa para elaborar pesquisa para fortalecer as cadeias produtivas da economia da cultura no Brasil. Serão estudados os regimes regulatório e tributário incidentes sobre cinco setores culturais – música, mercado editorial, audiovisual, jogos eletrônicos e artes visuais. O objetivo é identificar aspectos jurídicos e normativos relevantes que incidem sobre esses setores e propor medidas para aperfeiçoar os ambientes regulatórios e de negócios. 
 
Empresas especializadas interessadas em elaborar o estudo sobre o regime regulatório e tributário e um mapa-síntese do regime tributário da cultura para os cinco setores podem enviar proposta até às 14h do dia 23 de fevereiro para o e-mail lic3-2018@unesco.org.br. A contratação se dará por meio do acordo de cooperação técnica firmado entre o MinC, a Agência Brasileira de Cooperação e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) - Projeto 914BRZ4013. 
 
A seleção é aberta a pessoas jurídicas de direito privado, instituições de ensino superior, públicas ou privadas, centros de pesquisa, fundações e institutos, com sede no Brasil, com experiência de pelo menos cinco anos e que comprovadamente atuem ou realizem pesquisas na área jurídica e econômica relacionadas às cadeias produtivas a serem estudadas. 
 
Os interessados deverão encaminhar em uma mensagem os seguintes documentos: ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado; prova de Inscrição e de Situação Cadastral no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); plano de trabalho; portfólio da empresa proponente, demonstrando histórico de realizações e comprovando experiências solicitadas no item 11.3 do Termo de Referência (atestados de capacidade, formação acadêmica, Inscrição Estadual, entre outros); descrição dos profissionais indicados para a realização do estudo, acompanhada de currículos e atestados de experiência; e proposta financeira. 
 
Mais informações sobre o procedimento licitatório podem ser solicitadas pelo e-mail coopi@cultura.gov.br até o dia 21 de fevereiro.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura