Notícias

« Voltar

Documentário premiado internacionalmente teve apoio do MinC

 
 
20.3.2017  - 16:22
Filme foi eleito pelo voto popular em festival nos EUA (Foto: Divulgação)
 
O documentário "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal, foi eleito o melhor filme pelo voto popular no festival South by Southwest (SXSW), no último sábado (18), nos Estados Unidos. A obra foi realizada com apoio do Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual (SAv).
 
O filme resgata a história de oito artistas – os primeiros a se travestirem de mulher nos palcos cariocas da década de 1960. "Divinas Divas" foi um dos oito contemplados pelo edital Longa DOC, lançado em 2013 pela SAv. A iniciativa da Secretaria apoiou, com até R$ 450 mil, documentários brasileiros inéditos e originais, de longa-metragem, com temática livre.
 
A produtora e roteirista Carol Benjamin explica que o aporte do Ministério foi significativo para a realização de "Divinas Divas". "Passamos anos na labuta, ouvindo muitos 'nãos'", conta. "Lidamos com dois tabus: a questão da velhice e dos travestis. Vimos muitas portas se fecharem até sermos contemplados pelo edital. Foi importante encontrar no MinC esse olhar sensível", completa.
 
Sobre a premiação no festival estadunidense, Carol diz que foi algo inesperado. "Não tinha nenhuma expectativa. Tivemos uma boa entrada na imprensa, e as sessões foram enchendo cada vez mais. Fiquei surpresa. Um prêmio faz diferença para a carreira do filme." A data prevista para a produção entrar em cartaz é 22 de junho.

Novas oportunidades

Com o objetivo de valorizar novos talentos e incentivar potenciais regionais, contemplando a diversidade cultural, a Secretaria do Audiovisual do MinC deve lançar, ainda neste semestre, sete editais. Além do Longa DOC, estão previstos editais de Curta Metragem; Mostras e Festivais; Desenvolvimento de Roteiro; e Credenciamento de Especialistas. Outros dois são inéditos e visam atender a demandas do mercado: um direcionado a canais culturais na web e outro para o desenvolvimento de aplicativos de cultura.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura