#Circuito CulturaGeraFuturo: produtores e gestores elogiam capacitação oferecida pelo MinC

 
 
13.6.2018 - 15:23  
 
 
O Circuito #CulturaGeraFuturo, seminário criado pelo Ministério da Cultura (MinC) com objetivo de ampliar, em todo o Brasil, o alcance da política cultural, tem se mostrado eficaz na capacitação de produtores culturais e gestores para utilizarem os instrumentos de fomento à cultura do Governo Federal, como a Lei Rouanet e o Fundo Setorial do Audiovisual. Avaliação feita pela Pasta nas 14 primeiras etapas mostra que 93% dos participantes se declaram satisfeitos ou muito satisfeitos com o evento e 79% consideraram que o seminário superou ou igualou suas expectativas (sendo que 13% não responderam à pesquisa).
 
A pesquisa com participantes mostrou ainda uma ampla satisfação com a clareza das informações apresentadas pelos palestrantes. Dos mais de mil entrevistados, 78% consideraram a apresentação dos conteúdos extremamente ou muito clara. Além disso, 91% dos participantes demonstraram interesse em se aprofundar ainda mais nos assuntos discutidos durante os seminários.
 
Segundo o secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, José Paulo Soares Martins, a quase totalidade dos participantes do Circuito #CulturaGeraFuturo demonstrou, ao responder a pesquisa, satisfação com as mudanças apresentadas pelo MinC para a Lei Rouanet e para os editais de audiovisual. "A nova Instrução Normativa da Lei de Incentivo à Cultura trouxe regras ainda mais clara e promoveu maior dinamismo ao processo, desde a aprovação dos projetos até a prestação de contas, com mais ganhos de eficiência para o processo", afirmou Martins.
 
Avaliação dos participantes
 
Presente na etapa de Fortaleza (CE) do circuito, a psicóloga Annita Moura, da Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió, elogiou a capacitação oferecida pelo MinC. "Gratidão ao Ministério da Cultura pelo diálogo e parabéns pela modernização dos processos. É disso o que o Brasil precisa: agilidade, simplicidade e transparência", destacou.
 
Em Porto Velho (RO), o professor de literatura Vitor Cei destacou a importância do Circuito #CulturaGeraFuturo para que produtores e gestores tomem conhecimento dos mecanismos e editais disponibilizados pelo MinC. "Vim ao evento exatamente para saber como funciona a Rouanet e outras linhas do Ministério da Cultura. Já passou da hora de eu participar", destacou. "Tenho projetos de literatura brasileira contemporânea, entre eles saraus de poesia, que sempre fiz sem nenhum apoio. Com a Rouanet, acredito que será possível dar um maior alcance a meus projetos", acrescentou.
Vitor Cei (no alto), de Porto Velho, e Maria Ione do Nascimento (acima, no meio), de Aracaju, destacaram a importância da capacitação realizada pelo Ministério da Cultura (Fotos: Ronaldo Caldas e Clara Angeleas/Ascom MinC)
 
 
Para a etapa de Aracaju (SE), a lavradora e mestra de cultura popular Maria Ione do Nascimento saiu de Lagarto, a 75 km da capital, especialmente para o Circuito. Responsável pela Associação Folclórica de Lagarto e pelo Grupo Parafusos, especializado na chamada dança dos parafusos, expressão cultural típica de Sergipe, Maria Ione também elogiou a iniciativa do MinC em realizar o evento. "A vinda do ministro nos deixou animadas para conhecer maneiras de fomentar nossas atividades. Com mais apoio seria mais fácil fazer com que outras pessoas, inclusive de fora de Sergipe, tivessem conhecimento de nossa cultura", afirmou.
 
Seminário
 
O Circuito #CulturaGeraFuturo será realizado até julho. Equipes do Ministério da Cultura (MinC) estão visitando as 27 capitais brasileiras para levar orientações sobre a Lei Rouanet, a Lei do Audiovisual, o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e outras oportunidades. Cada edição do Circuito também inclui um módulo voltado para patrocinadores sobre as formas e vantagens de apoiar projetos culturais. Os encontros têm formato de seminário, com duração prevista de um dia em cada capital. 
 
Já foram realizados encontros em Macapá (AP), Fortaleza (CE), Brasília (DF), João Pessoa (PB), Rio Branco (AC), Belo Horizonte (MG), Maceió (AL), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Natal (RN), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Porto Alegre (RS), Aracaju (SE), Palmas (TO) e Goiânia (GO).
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura