Notícias Gerais

« Voltar

Circuito #CulturaGeraFuturo leva informações e oportunidades a produtores culturais do Pará

 
 
21.6.2018 - 10:40  
Ministro Sérgio Sá Leitão apresentou dados que destacam a força da cultura como eixo de promoção do desenvolvimento econômico do Brasil (Foto: Clara Angeleas/Ascom MinC)
 
 
O Ministério da Cultura (MinC) promoveu, nesta quinta-feira (21), em Belém, mais uma edição do Circuito #CulturaGeraFuturo, que tem por objetivo ampliar o alcance da política cultural e dos instrumentos de fomento à cultura do Governo Federal. O encontro na capital paraense foi a 19ª edição do evento, que percorrerá todas as capitais brasileiras até julho. 
 
O circuito foi aberto pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e contou com a participação de artistas, produtores culturais, gestores públicos e incentivadores. Na ocasião, o ministro apresentou dados que destacam a força da cultura como eixo de promoção do desenvolvimento econômico do Brasil. Detalhou, também, as principais realizações do MinC e o aumento dos investimentos previstos para este ano.
 
"Em 2018, há R$ 1,43 bilhão disponíveis para incentivo a projetos via Lei Rouanet em todo o Brasil e cerca de R$ 1,5 bilhão para o fomento ao audiovisual, via Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Lei do Audiovisual. Nosso objetivo é fazer com que esses recursos cheguem a um número cada vez maior de projetos, de diferentes regiões", ressaltou o ministro.
 
Desconcentração regional
 
Entre os estados da Região Norte, o Pará foi o primeiro colocado em valores captados para projetos culturais por meio da Lei Rouanet: R$ 6,07 milhões para 20 projetos em 2017. Entre as unidades da Federação, no entanto, ficou em 12º lugar. O total captado por projetos paraenses em 2017 superou em 57,8% o valor obtido em 2016, quando 15 projetos receberam R$ 3,8 milhões.  
 
Além dos recursos provenientes da Lei Rouanet, o Ministério da Cultura também está investindo R$ 35,4 milhões na construção de 14 Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs) no Pará. São centros que oferecem diferentes atividades de lazer e formação nas áreas esportiva e cultural para jovens de comunidades carentes. Dentre eles, cinco estão inaugurados em Abaetetuba, Breves, Jacundá, São Félix do Xingu e Tucuruí. Dois têm obra civil concluída, em Santarém e Tailândia, e um segue em construção em Marabá.
 
No campo da produção audiovisual, o investimento no Pará foi de quase R$ 15 milhões em 2017, com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.
 
Outra área que está recebendo investimentos é a de patrimônio. Mais de R$ 49 milhões estão sendo destinados para 15 obras de restauração e requalificação em Belém. O Mercado de Peixe,  por exemplo, integrante do conjunto arquitetônico e paisagístico do Ver-o-Peso, foi totalmente restaurado e entregue em março deste ano, um investimento de R$ 2,48 milhões.
 
Seminário
 
O Circuito #CulturaGeraFuturo será realizado até julho. Equipes do Ministério da Cultura (MinC) estão visitando as 27 capitais brasileiras para levar orientações sobre a Lei Rouanet, a Lei do Audiovisual, o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e outras oportunidades de apoio a projetos culturais. Cada edição do Circuito também inclui um módulo voltado a patrocinadores sobre as formas e vantagens de apoiar a cultura. Os encontros têm formato de seminário, com duração prevista de um dia em cada capital. 
 
Belém foi a 19ª cidade a receber o Circuito, que já passou por Macapá (AP), Fortaleza (CE), Brasília (DF), João Pessoa (PB), Rio Branco (AC), Belo Horizonte (MG), Maceió (AL), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Natal (RN), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Porto Alegre (RS), Aracaju (SE) e Palmas (TO), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE). Depois do seminário em Belém, as atividades seguem para Manaus (AM), no dia 25 de junho.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

Dia do Ministro